quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

«O THINK TANK DO LIVRO»

Edição Exclusiva

Não sei se é com blogues que vamos lá. Mas que é um avanço no bom caminho este querermo-nos em think tank, em «círculo de reflexão» ou «laboratório de ideias», lá isso é.

Não interessa discutir a expressão ou as autorizadas traduções. O que não vale é ficar em casa, encostado à indiferença.

A que nível de reflexão se tem de chegar para que se alcancem as ideias? Ideias mesmos, autênticas. Que descubram a careca aos palradores.

Se acreditar, como realmente acredito, na força das ideias, como posso levar a crédito de «pensadores» o atoleiro a que fomos conduzidos e em que se percebe perfeitamente que a miséria da acção vai de mãos dadas com a fraqueza das ideias? Talvez até se deva dizer que de algum modo já sabíamos que lá estávamos, mas em vez de sairmos…. O que agrava as responsabilidades de quem fala como se tivesse verdadeiras e fortes ideias.

Foi possível…
Como foi isto possível?…
Ideias?
Com que livros?
Com que leituras?
Claro que há/houve as honrosas excepções, mas que não vencem/venceram a força da corrente.

Por hipótese, algum visitante de blogues, de passagem para algum dos muitos blogues que para os livros se têm vindo a criar, terá, apesar de tudo, encontrado a lucidez de alguns intelectuais sobre as ideias ou a falta delas em que por empobrecimento a nossa civilização tem vindo a cair?

Por exemplo, a este livro de Marc Ferro podemos dar uma vista de olhos: O Regresso da História: O século XXI não para de nos surpreender?
Aquela pergunta:
Como foi possível?
…!!!???
L. V.

P. S.
Alguns Blogues de livros, entre piores e melhores,
referenciados em http://edicaoexclusiva.blogspot.pt/,
além do próprio:

Sem comentários:

Enviar um comentário