quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Testemunho de António Torrado


António Torrado com Manuel Medeiros em 2001


O nosso amigo Medeiros, com a imprescindível ajuda da Fátima, fez da livraria um Centro Cultural, quando por cá ainda se estava longe da institucionalização das Casas de Cultura e das novas Bibliotecas Municipais.
Convidando escritores, organizando debates, comemorando datas, tudo servia de pretexto para o encontro e a partilha. Havia nele um virtuosismo pedagógico que embebia todos os seus actos de livreiro sensível e inteligente. O exemplo que nos deixa nenhuma onda de obscurantismo apagará.
António Torrado

Sem comentários:

Enviar um comentário