quinta-feira, 27 de março de 2014

26 DE MARÇO, DIA DO LIVRO PORTUGUÊS

 

clip_image002

 

Em 26 de março de 1988, há precisamente 26 anos, a SPA lançava o DIA DO LIVRO PORTUGUÊS. Houve quem aderisse com entusiasmo e quem, como sempre, destilasse o seu desinteresse. Mas o Dia cumpriu-se e foi um êxito. A comunicação social divulgou intensamente a iniciativa, o então IPLB deu-lhe o seu apoio e o Fórum Picoas abriu nessa manhã de sábado as suas portas a uma grande exposição de livros.

Corremos para lá, passámos o dia em convívio com os livros e cruzámo-nos com escritores, editores, ilustradores, jornalistas e sobretudo muito público, que se empurrava pelos corredores e se juntava em volta das bancas, carregadas de livros portugueses. Foi uma festa, a festa do livro escrito em português. Lembramos ainda o brilho de felicidade nos olhos de Mário Ventura Henriques, um dos mentores do Dia.

Institucionalmente o dia não se repetiu, mas alguns de nós nunca deixaram de o lembrar, de o anunciar e de dar especial destaque neste dia ao livro português.

Do nosso arquivo pessoal partilhamos hoje convosco o documento distribuído no Fórum, uma mensagem do então Presidente da República, Mário Soares. Depois de a lermos demos por nós a pensar em como está distante o interesse de um político pelo livro ou por qualquer outra forma de cultura.

Sem comentários:

Enviar um comentário