segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Ei-lo, o cartaz do VI ENCONTRO LIVREIRO

 

encontro livreiro

 

Aqui está, finalmente, com o traço inconfundível do Pedro Vieira (obrigado, amigo!), o cartaz do VI ENCONTRO LIVREIRO, a realizar na Culsete, em Setúbal, no próximo dia 30 de março, às 15 horas.

Agora é reproduzi-lo e espalhá-lo pelos quatro cantos do mundo dos livros e dos leitores.

Com ele divulgamos também o tema do texto do Encontro, a cargo de Nuno Seabra Lopes:

NOVOS MUNDOS, NOVOS LEITORES – A ALTERAÇÃO RADICAL NO MUNDO DO LIVRO.

Tema abrangente, permitindo um grande leque de reflexões, pareceres e opiniões, vai, certamente, levar a interessantíssima troca de ideias.

Vá já pensando no que tem a dizer sobre as questões que o tema suscita e surpreenda-nos no dia 29.

 

CULSETE, A PAIXÃO DA LEITURA

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Os Lugares, novo livro de Fernando Gandra

 

Capa_Fernando_Gandra_Lugares_REV1

 

Todos os leitores de Fernando Gandra têm aguardado com alguma curiosidade e muito interesse a publicação do seu novo livro de poesia, anunciada há já alguns meses. Aguardavam-no há 31 anos, depois de publicado O lado do Cisne, em 1984, na I.N.C.M. Pois bem, ele aí está. Chama-se Os Lugares e tem edição da Companhia das Ilhas.
Trata-se de uma antologia de quinze poemas arrumados em 40 páginas, onde a qualidade e originalidade poética são o mote para a fruição dos textos. A presença de diferentes vozes, de várias silhuetas, ajuda a definir a esquadria do poético. Os lugares dos poemas, reais e/ou metafóricos, que o sujeito partilha com o leitor, fazem apelo à nossa memória, aos nossos sentidos. Somos levados a viajar por muitos mares, diversos rios, a contemplar várias luas, a sentir diferentes perfumes. O êxtase e o desejo também habitam esta poesia. Passa-se por São Nunca, vivem-se lacustres momentos muito bem acompanhados por Heidegger e enguias, sente-se a sensualidade quase velada de espaços como Sevilha, remetendo-nos para outros paradigmas, aplica-se o olhar sobre uma praceta onde talvez se sinta o respirar de Manuel Medeiros. E mais, muito mais.
Um GRANDE pequeno livro! Não foi em vão que se esperou tanto tempo por ele.
Vai ser lançado na Culsete, mas só lá para Abril. Depois dizemos quando.
Já o temos, porém, na livraria, já o vendemos.
Esperamos que o procurem, que o encontrem, que se encontrem com estes lugares de Fernando Gandra, que são afinal lugares onde cabemos tão bem.

f.r.m.

DSCF9332

Fernando Gandra na Culsete em 21.03.2014, lendo o poema [Pouco sabemos sobre a praceta das amoreiras], incluído em Os Lugares

 

CULSETE, A PAIXÃO DA LEITURA

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Maria Clementina, uma mulher da ribalta

 

CLEMENTINA CARTAZ

 

Maria Clementina é uma personalidade setubalense de relevo. Atriz, escritora, professora, mulher de causas, sempre na ribalta da vida, tem dado muito a Setúbal, marcando a cidade a nível cultural desde o início da década de 1960.
O seu 80.º aniversário é já no próximo dia 27 de Fevereiro. Que grande data! 80 anos de uma vida muito rica, sempre empenhada em causas culturais e sociais e voltada para os outros. Pensámos comemorá-los com uma roda alargada de amigos, falámos nisso a alguns e está de pé a homenagem que o cartaz acima mostra. Com o apoio da Câmara Municipal (obrigado, Senhora Presidente, obrigado, Dr.ª Ana Carvalho) vamos fazer a festa num espaço simbólico da cidade, a Casa da Cultura, ao lado de personalidades incontornáveis do nosso meio cultural, amigas e amigos com quem podemos sempre contar.
Todos aqueles que desejem ir ao encontro de Maria Clementina para a aplaudir e abraçar no seu dia de aniversário, estão convidados a aparecer na Casa da Cultura, Sala José Afonso, no próximo dia 27, às 21:30 h.
Prevê-se uma grande festa.

CULSETE, A PAIXÃO DA LEITURA

 

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

LUÍS ALVES DIAS, O LIVREIRO DA ESPERANÇA 2015

 

Luis Alves Dias

Luís Alves Dias em fevereiro de 2011


Desde 2012, o movimento ENCONTRO LIVREIRO, que, como todos sabem, reúne na CULSETE no último domingo de março, homenageia os livreiros portugueses através do diploma LIVREIROS DA ESPERANÇA. Trata-se do reconhecimento pelas gentes do livro do papel de uma classe profissional fundamental no desenvolvimento da leitura.
Em 29 de março de 2015 o VI ENCONTRO LIVREIRO vai homenagear o livreiro LUÍS ALVES DIAS da livraria LER, de Campo de Ourique, Lisboa.
A decisão de entregar este diploma a Luís Alves Dias foi tomada logo após o V ENCONTRO LIVREIRO. Não queríamos que fosse uma entrega póstuma, mas o destino atraiçoou-nos.
Luís Alves Dias fundou a Ler em fevereiro de 1970, há precisamente 45 anos. Mas a sua morte não compromete o projeto da livraria, que continua bem viva sob a batuta do filho do livreiro, o editor Luís Alves.
Luís Alves Dias vem, assim, prolongar a lista de Livreiros da Esperança, juntando-se a Jorge Figueira de Sousa (Livraria Esperança, Funchal), Caroline Tyssen e Duarte Nuno Oliveira (Livraria Galileu, Cascais), Antero Braga (Livraria Lello, Porto) e Fátima Ribeiro de Medeiros e Manuel Medeiros (Livreiro da Esperança Especial Culsete - 40 Anos, Setúbal).
No próximo dia 29 de março, venha ao VI ENCONTRO LIVREIRO aplaudir o trabalho de Luís Alves Dias.

CULSETE, A PAIXÃO DA LEITURA