domingo, 22 de fevereiro de 2015

Os Lugares, novo livro de Fernando Gandra

 

Capa_Fernando_Gandra_Lugares_REV1

 

Todos os leitores de Fernando Gandra têm aguardado com alguma curiosidade e muito interesse a publicação do seu novo livro de poesia, anunciada há já alguns meses. Aguardavam-no há 31 anos, depois de publicado O lado do Cisne, em 1984, na I.N.C.M. Pois bem, ele aí está. Chama-se Os Lugares e tem edição da Companhia das Ilhas.
Trata-se de uma antologia de quinze poemas arrumados em 40 páginas, onde a qualidade e originalidade poética são o mote para a fruição dos textos. A presença de diferentes vozes, de várias silhuetas, ajuda a definir a esquadria do poético. Os lugares dos poemas, reais e/ou metafóricos, que o sujeito partilha com o leitor, fazem apelo à nossa memória, aos nossos sentidos. Somos levados a viajar por muitos mares, diversos rios, a contemplar várias luas, a sentir diferentes perfumes. O êxtase e o desejo também habitam esta poesia. Passa-se por São Nunca, vivem-se lacustres momentos muito bem acompanhados por Heidegger e enguias, sente-se a sensualidade quase velada de espaços como Sevilha, remetendo-nos para outros paradigmas, aplica-se o olhar sobre uma praceta onde talvez se sinta o respirar de Manuel Medeiros. E mais, muito mais.
Um GRANDE pequeno livro! Não foi em vão que se esperou tanto tempo por ele.
Vai ser lançado na Culsete, mas só lá para Abril. Depois dizemos quando.
Já o temos, porém, na livraria, já o vendemos.
Esperamos que o procurem, que o encontrem, que se encontrem com estes lugares de Fernando Gandra, que são afinal lugares onde cabemos tão bem.

f.r.m.

DSCF9332

Fernando Gandra na Culsete em 21.03.2014, lendo o poema [Pouco sabemos sobre a praceta das amoreiras], incluído em Os Lugares

 

CULSETE, A PAIXÃO DA LEITURA

Sem comentários:

Enviar um comentário