sábado, 28 de março de 2015

O VI ENCONTRO LIVREIRO é já amanhã, dia 29, a partir das 15:00 h

 

encontro livreiro

É já amanhã, 29 de março, a partir das 15:00 horas, que vai acontecer na livraria CULSETE,em Setúbal, o VI ENCONTRO LIVREIRO, encontro anual das "gentes do livro".
O Encontro Livreiro tem dois momentos:
- Entrega do diploma Livreiros da Esperança 2015 ao livreiro Luís Alves Dias, da Livraria Ler.
- Apresentação do texto do Encontro, «Novos mundos, novos atores - a alteração radical no mundo do livro», por Nuno Seabra Lopes, seguido de debate e troca de ideias entre todos os presentes.

Traje obrigatório: interesse em participar e boa disposição.

Aparece.Todos juntos somos mais fortes na defesa da leitura e do livro.

Amanhã a esta hora espero que digas connosco: EU FUI!

 

CULSETE, A PAIXÃO DA LEITURA

 

quinta-feira, 26 de março de 2015

A SAUNA DO LIVRO

 

Ao que parece, continua muita gente feliz e contente com a instalação de uma única tenda em Setúbal, na placa central da Av. Luísa Todi, exageradamente denominada por Feira do Livro.

Primeiro que tudo, só lá habita um vendedor (e nem sequer é cá da terra), não existe, portanto, concorrência, não há Feira alguma, tal epíteto é desleal e enganador. Encontram-se livros tão ou mais baratos, interessantes e variados, nas seguintes quatro livrarias setubalenses (por ordem alfabética, por causa das coisas) — Culsete, Galo, Hemus, Uni-Verso.

Para além do mais, a maioria dos títulos em promoção que recheiam a dita tenda são puro lixo; e ao fim de 10 minutos lá dentro, começamos a destilar como numa sauna: faz efeito de estufa.

Sei do que falo, passei por lá de bicicleta há coisa de dois anos e tive que entrar, gosto de livros (o que é que hei-de fazer?); e, contradizendo a minha actual convicção, até comprei alguns. Só depois, em conversa com os livreiros locais, convivendo com as suas dificuldades diárias, é que tomei consciência do erro cometido.

Faço uso das presentes linhas para me desculpar perante tal resiliência, a dos livreiros de Setúbal, deixando-lhes aqui a minha homenagem — uma vénia!

E para não ser acusado de ter escrito apenas um texto empertigado, como alguns críticos inflamados que dizem mal de tudo sem nunca apresentarem soluções, aqui vai uma sugestão: Para quando uma Feira do Livro, autêntica, em Setúbal? Com vários pontos de venda, em que as livrarias locais também fossem convidadas a marcar presença? Era mais bonito, mais justo, e ficávamos todos a ganhar.

José Nobre

Obrigada, Zé, em meu nome e dos meus colegas livreiros de Setúbal.

Já não bastava a crise geral que todos vivemos, já não bastavam as livrarias do Allegro… Daqui a um mês temos a Feira do Livro de Lisboa, que nos prejudica bastante aqui em Setúbal. Chega agora a tenda, com todos os apoios institucionais, sem respeito por nós, livreiros, sem respeito pelos leitores, porque o que eles vendam é apenas… . Como é que continuam a permitir a instalação desta tenda?

As livrarias de Setúbal são capazes de  organizar uma feira do livro sem interferências de mais ninguém, como já fizeram. Não precisam que uma empresa de livros descatalogados ou pouco procurados saia da Gare do Oriente ou de outros espaços do género para vir para cá. É triste ler a generalidade do “programa de animação” oferecido por esse espaço. É mesmo lamentável!

Obrigada, Zé Nobre, por juntares a tua voz à nossa.

Espero que outros o façam.

Fátima Ribeiro de Medeiros

 

quarta-feira, 25 de março de 2015

Faltam apenas 4 dias para o VI ENCONTRO LIVREIRO

 

clip_image001

 

O VI ENCONTRO LIVREIRO realiza-se no próximo domingo, 29,  na livraria Culsete, como é já tradição.

Nesse dia todos os caminhos vão dar a Setúbal e à Avenida 22 de Dezembro, onde a partir das 15 horas daremos início ao Encontro.

Vamos entregar com muito prazer o DIPLOMA LIVREIROS DA ESPERANÇA ao saudoso Luís Alves Dias, da Livraria Ler, na pessoa do seu filho e atual gerente da livraria, Luís Alves.

Vamos falar acerca da presente situação do livro, partindo do texto do Encontro, este ano a cargo de NUNO SEABRA LOPES, tendo como título NOVOS MUNDOS, NOVOS ATORES, A ALTERAÇÃO RADICAL NO MUNDO DO LIVRO. Espera-se o contributo de todos os presentes para o seu aprofundamento.

O ENCONTRO LIVREIRO é um espaço de reflexão e troca de ideias, mas também de convívio feito em torno dos livros, pelo que o Moscatel de Setúbal e outras preciosidades da região, como as tortas de Azeitão, não poderão faltar.

O ENCONTRO LIVREIRO é feito por todos aqueles que vivem em torno dos livros, todos aqueles que não entendem a sua vida sem livros, as gentes do livro, dos livreiros aos leitores, passando por editores, ilustradores,escritores, comerciais do livro, designers de comunicação, alfarrabistas, encadernadores, académicos, professores, bibliotecários, tradutores, jornalistas culturais e todos os outros.

Há que pensar nas questões do mercado do livro. Quem melhor do que nós para o fazer?

O ENCONTRO LIVREIRO defende e promove a dignidade de todas estas atividades defendendo e promovendo a leitura e por conseguinte o livro nas suas diferentes formas.

A questão da leitura interessa a todos. Por isso o ENCONTRO LIVREIRO é para todos.

 

CULSETE, A PAIXÃO DA LEITURA

quinta-feira, 19 de março de 2015

A POESIA NA VOZ DOS POETAS, dia 21 de Março, às 16:00 h na Culsete

 

image

 

Se gostas de ouvir dizer aos poetas a sua própria poesia e a poesia que os marcou enquanto leitores, então a próxima sessão da Culsete é para ti.E é já no próximo sábado.
Isso mesmo!
No próximo sábado, 21 de março, DIA MUNDIAL DA POESIA, vamos reunir na livraria nada mais nada menos do que nove poetas. Nove. São eles Ana Wiesenberger, Arlindo Mota, Carlos Rodrigues, Fernando Gandra, Gonçalo Mira, João Silveira, Maria Clementina, Nuno Fonseca e Virgínia Costa.
Vão estar todos na Culsete a partir das 16:00 horas. E prontos para nos surpreender.
Aparece e traz os teus amigos.
Vem viver a festa da poesia connosco.

 

CULSETE, A PAIXÃO DA LEITURA

terça-feira, 17 de março de 2015

José Medeiros Ferreira: a Liberdade interventiva

 

Capa livro de homenagem Medeiros Ferreira 18.13.2015

É já na tarde de amanhã, quarta-feira, dia 18 de março, às 18:30 horas, que vamos reunir na Culste um grupo de amigos cheios de vontade de falar sobre outro querido amigo: José Medeiros Ferreira.
Vamos também falar sobre o livro de homenagem que lhe é dedicado e foi lançado há um mês na Gulbenkian, José Medeiros Ferreira: a  Liberdade interventiva.
Apareça. Junte a sua voz e o seu aplauso aos nossos.

 

CULSETE, A PAIXÃO DA LEITURA

sábado, 14 de março de 2015

JOSÉ MEDEIROS FERREIRA HOMENAGEADO NA LIVRARIA CULSETE NO PRÓXIMO DIA 18 DE MARÇO

 

image

Entre 19 e 20 do passado mês de fevereiro realizou-se na Fundação Calouste Gulbenkian um colóquio intitulado JOSÉ MEDEIROS FERREIRA, O CIDADÃO, O POLÍTICO, O HISTORIADOR, uma homenagem ao homem, ao académico e ao político que foi Medeiros Ferreira. Nas várias sessões participaram muitos dos seus amigos, personalidades de destaque do meio académico, político e social, que lembraram o percurso plurifacetado do homenageado.

Na tarde do dia 19 foi lançado o livro JOSÉ MEDEIROS FERREIRA: A LIBERDADE INTERVENTIVA, contendo mais de uma centena de depoimentos de diversos amigos, companheiros da academia e da política, ex-alunos, familiares, entre outros, evocando as diversas facetas da sua personalidade ímpar e riquíssima. “Um livro de amigos”, como alguém o definiu então. A capa ostenta uma expressiva foto da autoria de Walter Tapia, fotógrafo micaelense.

É precisamente o livro JOSÉ MEDEIROS FERREIRA: A LIBERDADE INTERVENTIVA que vai ser apresentado na livraria Culsete, em Setúbal, na próxima quarta-feira, 18 de Março, às 18:30 horas, quando passa exatamente um ano sobre a morte de Medeiros Ferreira. Para o evocar e falar sobre o livro estarão na Culsete, entre outros, Albérico Afonso Costa, Carlos Almeida, Carlos Gaspar, Eduardo Paz Ferreira, Isabel do Carmo, José Carlos Serras Gago, José Teófilo Duarte, Luís Filipe Salgado de Matos, Luís Medeiros Ferreira, Maria Emília Brederode Santos, Mário Mesquita e Nuno Medeiros, além de Fátima Ribeiro de Medeiros.

A Culsete inaugura, assim, da melhor forma possível a série de atividades culturais e de promoção de leitura que se propõe realizar em 2015 no seu espaço.

 

CULSETE, A PAIXÃO DA LEITURA

segunda-feira, 2 de março de 2015

MARÇO, MÊS DO ENCONTRO LIVREIRO

 

encontro livreiro

 

Já chegámos a março, mês da mulher, da poesia, do teatro, da juventude.
Já chegámos a março, mês do ENCONTRO LIVREIRO. O VI Encontro Livreiro.
Como sabe, este ano as conversas vão ter um denominador comum, o tema do Encontro, Novos Mundos, Novos Atores, a Alteração Radical no Mundo do Livro, que será introduzido por Nuno Seabra Lopes e abordado por quem quiser intervir.
Venha ter connosco à Culsete.
Venha provar o  Moscatel de Setúbal.
Venha falar de livros.
Traje obrigatório: interesse em participar e boa disposição!


CULSETE, A PAIXÃO DA LEITURA